Estrias

O que são as estrias? Como surgem na pele?

As estrias são cicatrizes atróficas que se formam quando há destruição de fibras elásticas e colágenas na pele. Formam-se, normalmente, quando há aumento do volume corpóreo, como na gravidez, obesidade, colocação de prótese mamária, uso de anabolizantes; ou por fatores hormonais, como o uso de estrógeno e corticóide.
As estrias, quando recentes, assumem coloração rósea ou púrpura; as antigas têm aspecto esbranquiçado.

Quais são os locais mais comum?

Em mulheres é mais comum encontrar estrias nos flancos, coxas, glúteos, abdômen e nos seios. Aparecem muito quando a mulher entra na puberdade, cresce muito rápido, ou ganha peso em um curto espaço de tempo. Na gravidez podem aparecer estrias no abdômen e nos seios. Outra causa comum, hoje, é o aparecimento após a colocação de próteses de silicone, por causa da distensão dos tecidos de forma abrupta.
Em homens é mais comum o aparecimento de estrias nos ombros, braços e costas. Os que se submetem a musculação excessiva ou abusam de anabolizantes são os mais propensos. Também são causas o ganho de peso e o crescimento abrupto.

Quais os tipos de tratamentos disponíveis?

A eficácia do tratamento irá depender da fase da estria, o local em que ela se encontra e sua espessura. É importante lembrar que não há cura total, mas há significativa melhora em sua aparência. A genética do paciente, a raça, a idade e a produção de colágeno individual são fatores que também influenciam no sucesso do tratamento.
Além disso, quanto mais cedo iniciar-se o tratamento, maiores as chances de que os resultados sejam positivos. Há vários tipos de tratamento, desde cremes tópicos, aplicação de ácidos, laseres fracionados (Etherea 1340 e CO2 fracionado), FRAXX, Sculptra® e peelings químicos.

Como se prevenir do surgimento das estrias?

Manter o peso constante, evitar o uso prolongado de corticóides tópicos ou sistêmicos e evitar o uso de anabolizantes. É importante manter a hidratação adequada da pele.